quarta-feira, 1 de abril de 2009

Insana Vingança.

És arauto de tua insana vingança.
És quem, durante anos, construiu as condições necessárias para que tua vingança um dia ocorresse.
És quem sistematicamente destruiu aquilo a que a ti fôra confiado.
És quem manipulou, distorceu, corrempeu, enfraqueceu, esquizofrenizou; és quem usou todas as forças que tinha para que o alvo de tua vingança jamais tivesse forças próprias.
Forças para se amar, forças para se defender, forças para lutar por si, forças para apreciar a vida. Forças para querer viver.
Então veio o dia em que a mão de tua insana vingança agiu.
O recepiente que cumpriu diretamente tua vingança.
Vingança que só pôde acontecer graças aos teus esforços, graças a tua dedicação de anos.
Agora, diga-me:
Quem faz mais mal? Em quem reside a verdadeira culpa de tua insana vingança?
Na mão da vingança ou na mente que arquitetou a vingança?




Postado por Ricardo Ceratti.