domingo, 26 de outubro de 2008

Flagrante.

Julgar os outros é um vicio da sociedade. Uma compulsão social.
Sempre fui contra este tipo de comportamento. Sempre fui daqueles que diz (sim, eu geralmente não guardo só para mim este tipo de opinião) "vai cuidar da TUA vida!".
Um dia desses acontece uma série de eventos que me chocou.
Estava eu parado perto da fila de uma casa noturna "alternativa". Sabe aquela "alternativêz" que as pessoas se acham superiores por verem filmes que mais ninguém se presta? Esses mesmos. Me acoquei para pegar uma latinha da minha sacola com latinhas de cerveja e gelo que eu chinelonamente carreguei da minha casa até ali. As pessoas da fila de imediato começaram a me fazer caras de nojo e desaprovação. Aparentemente é uma coisa terrível gastar 1,49R$ no latão de polar (para quem não sabe "polar" é uma marca de cerveja bem popular aqui no RS) ao invés de 5R$ na garrafa de polar. De imediato demonstrei o que eu pensava do preconceito das pessoas, lançando sobre elas um olhar sarcástico somado a uma bem esculpida "cara de bunda".
Até este momento nada fora do comum.
Pouco depois passa um desses tais "emos" com meia calça verde limão, shortinho, botas vermelhas... enfim, o kit completo.
De imediato o encarei e pensei "que serzinho ridículo".
Epa!
PÁÁÁÁÁRA!!!
Fui pego em flagrante cometendo um dos crimes que mais abomino: a Hipocrisia!
Fiquei chocado comigo mesmo. Não esperava um julgamento destes sobre uma pessoa que não tinha nada a ver com a minha vida, assim como fui julgado por aquelas pessoas da fila.
Pelo jeito ainda tenho muito que aprender e, principalmente, evoluir.
Se o sujeito tem a necessidade de chamar atenção, o problema é inteiramente dele. Ou deveria ser.
Pois é... "ado, a-ado..."



Postado por Ricardo Ceratti.

6 comentários:

Marcellus Araújo disse...

Meu caro, mais novo, e cativo leitor,

No momento não tenho o tempo necessário para responder a seus comentários, gostaria apenas, em caráter de reciprocidade, agradecer sua atenção e concordar com tudo o que escreveu em vários de seus comentários. Com tudo. Em um futuro breve responderei com mais calma a tudo. E por favor, mantenha o contato.
A respeito de nossa gelada cerveja, temos que rasgar uma brecha nessa vida confusa para saborearmos um copo, ou sete, vinte e três, quem sabe?
A propósito rapaz, de onde você fala? Passargada? Brasília? Santo André? Goiânia? Sao Paulo? Porto Alegre?....?

Fabio Albe disse...

Todo mundo julga os outros na real, mas o fato de tu procurar evitar fazê-lo e não gostar quando o faz já é um passo além. Mas que casa noturna é essa com essa característica ? o Beco não pode ser, lá é sempre o Pulp Fiction e o Trainspotting, o Pulp Fiction e o Trainspotting (muito coisa de indie - e já to eu julgando os outros), nenhum outro filme existe.

Estória Estranha disse...

é mais fácil olhar o quadrado ao lado. rimou! =P

Lucas (seta) disse...

É, falar mal dos outros é feio, mas de EMO pode!

Caio disse...

'ado, a-ado' esse emo é viado.

eu posso falar. :P
heheh

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,