segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Distrações.

O computador possui um poder imenso.
Não sei se para todas pessoas, ou só para mim, que tenho tendência a me acomodar.
Vou explicar:
Estava deitado na cama, sem conseguir dormindo só para variar um pouco.
Pensamentos, idéias, planos, invenções... enfim, cabeça à mil.
Levanto para por algumas coisas em prática.
Ah, se ao menos eu não ligasse o computador.
Basta começar a ouvir música para que me distraia do que tinha me proposto como objetivo.
Basta abrir o MSN para esquecer de vez o que eu ia fazer.
Até uma idéia para um texto... parecia tão boa... esqueci.
São tantas distrações que o que deveria servir para ajudar, acaba sendo mal-utilizado de forma a atrapalhar.
Acho que vou desligar o computador e ir ler um livro...




Postado por Ricardo Ceratti.