quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Terapia.

Antes de ontem estava acompanhando minha supervisora no atendimento a uma aluna quando tentei explicar da maneira mais palpável possível o que era uma terapia, seus altos e baixos:

Imagine uma caixa de um quebra-cabeça. As peças, de certa forma, estão organizadas dentro da caixa, porém não formam figura alguma.
Quando começou tua terapia tu espalhaste todas peças numa mesa. A mesa ficou tapada pelas peças, ficou bagunçada.
De início pareceu que tu não terias como dar conta, parecia trabalho demais, bagunçado demais.
Aos poucos foste juntando as peças, colocando uma do lado da outra, posicionando as que tu sabias onde iam, encaixando as mais fáceis.
Uma por uma, todas iam sendo encaixadas para formar a figura.
Ao final, todas estavam organizadas, formando um lindo quadro. Um quadro de quem tu és. Formando a tua imagem.
É isso que é a terapia. Pode gerar sofrimento por olhar para todas aquelas peças espalhadas, mas vai te ajudando a colocar cada coisa no seu devido lugar.




Postado por Ricardo Ceratti.