quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Poesia.

O sorriso,
Antes saía tão facilmente,
Saía tão felizmente.
Agora tarda por aparecer.
Tímido, tem preferido nem sair,
Preferido não se mostrar ao mundo.
Quando o faz é para evitar maiores transtornos,
Para evitar questionamentos,
Para ser deixado no seu canto.
Seu solitário canto,
Que já não se motiva a cantar.




Postado por Ricardo Ceratti.